Júnior Batista

on 21 janeiro 2014

Conheça o ministério do Cantor Daniel Ranquino e o seu novo CD



Finalista do Troféu Promessas 2012, na categoria “Pra Curtir”, o cantor Daniel Ranquino mostra que perseverar é a chave para ver o milagre de Deus acontecer, interessante observar o valioso versículo bíblico contido na carta do apóstolo Paulo aos Romanos, capítulo 5, versos 3 e 4, que diz: “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” Precioso ensinamento para a vida toda, este texto descreve muito bem a trajetória musical de Daniel, isso porque antes de chegar onde está hoje, musicalmente falando, Daniel passou por inúmeras situações difíceis que certamente o fariam desistir da carreira. Mas cada luta serviu como degrau para exercitar nele a “paciência”, apesar de a espera ser, muitas vezes, dolorosa e aflitiva, contudo, essa espera lhe rendeu “experiência”, crescimento e maturidade espirituais e tudo isso foi fundamental para que ele conservasse a “esperança” até alcançar em Deus seus sonhos e permanecer com fé para receber as muitas bênçãos que ainda estão por vir. 
Muitos foram os percalços, o cantor chegou a participar de uma seleção para fazer parte de um grupo musical, mas não passou, um tempo depois, com o desejo de gravar seu álbum solo, formou uma banda chamada “MV7”. O projeto não foi para frente, Daniel ainda fez dois cursos universitários, mas que não foram concluídos. Após essas desilusões, ele encontrou sua vocação na Produção Fonográfica, profissão em que se formou em 2004. Mas um fato negativo marca essa época, pois no seu trabalho de conclusão de curso foram incluídas as gravações de suas composições, mas que não deram certo.
O que se via era um jovem gastando muito e sem retorno algum, mas ao seu lado, Deus colocou uma fiel escudeira, a sua mãe, a senhora Regina, ela sempre acreditou nos sonhos do filho e é a maior incentivadora do seu ministério, em certa época, Regina chegou a investir em um novo projeto do filho por meio de um dinheiro que recebera de uma herança, o investimento foi em um CD chamado “Transparente”, mas que nunca chegou a ser lançado, mesmo com essas perdas, a mãe nunca deixou de acreditar e apoiar os projetos do filho.
O que fazer diante de tantas decepções, de tantas dificuldades? Desistir? Na vida de Daniel não há espaço para a conjugação do verbo “desistir” ao contrário, ele gosta de usar o substantivo “perseverança” que sempre fala mais alto em sua vida, Daniel aprendeu a perseverar apesar de todas as tribulações que enfrentou, o cantor mostra, pela própria experiência de vida, que os milagres de Deus sempre acontecem e que a persistência é a chave para ver o milagre acontecer,  cantor fez valer em sua vida o texto do profeta Isaías: “Em lugar da vossa vergonha, tereis dupla honra; em lugar da afronta, exultareis na vossa herança; por isso, na vossa terra possuireis o dobro e tereis perpétua alegria.” (Is 61.7.) Para cada luta sofrida, Daniel tem vivido hoje a dupla honra de Deus em sua vida.
Prova disso, foi sua indicação ao Troféu Promessas 2012. Daniel, que se viu muitas vezes sem perspectiva, pode contemplar seu trabalho passando para a fase final da premiação na categoria “Pra Curtir”, que valoriza os trabalhos independentes, de forma emocionante, ele relata esse momento: “Uma coisa que aprendi na vida foi confiar no Senhor e descansar Nele! Está certo de que às vezes a ansiedade nos cerca, mas como não há nada que aconteça em que Deus não esteja no controle, não foi diferente nesse caso. Quando soube que haveria uma nova categoria no Troféu Promessas, que abriria espaço para a turma independente, não pensei duas vezes, fiz a inscrição, mandei os CDs e descansei… No dia da publicação dos indicados, confesso que a expectativa era grande, os amigos e parentes estavam na torcida e mais do que nunca, o coração sabia que dentre milhares de inscritos somente um milagre seria capaz de nos surpreender… Ao abrir o site da premiação, vi minha foto logo à direita e aí não deu para conter a emoção! Estava lá, o milagre havia acontecido! Agradeci muito a Deus por essa bênção, pois após dez anos de muita luta para ter meu CD em mãos, agora me via concorrendo a uma premiação desta magnitude! Deus realmente é fiel, ressalta.
O cantor ainda acrescenta: “A partir de então, sabia que o desafio seria maior, pois, após analisar cada candidato, vi que conseguir ‘curtidas’ suficientes não seria tarefa fácil ante cantores tão talentosos, mas para quem viveu o milagre de estar entre os indicados do Troféu Promessas, conseguir ‘curtidas’ não seria tão difícil com a direção Daquele que fez o milagre: DEUS! Quando vi que passei para a fase final, percebi que os frutos brotaram no deserto”, conta Daniel que não consegue conter a emoção.
Ele ainda fala do valor de uma premiação como esta apoiada pela Rede Globo: “É o reconhecimento de um trabalho bem feito e pela dedicação de seus profissionais. É um sinal de que a música gospel não tem tocado apenas os ouvidos e sim os corações. É a ratificação de em um segmento que cresce a cada dia e que tem conquistado uma posição cada vez mais prestigiada no mercado fonográfico. É a concretização de uma promessa, a qual Deus está cumprindo na vida dos que servem ao seu nome”.


O CHAMADO MINISTERIAL
Daniel nasceu no dia 29 de julho de 1980 no bairro do Meier, zona norte do Rio de Janeiro. Foi criado pela mãe dentro dos preceitos cristãos, ensinamentos que o alicerçaram na Palavra de Deus, sobre a sua conversão, ele diz: “Eu já nasci no evangelho, pois quando minha mãe se batizou nas águas (uma cerimônia importante para os evangélicos), ela estava grávida de mim, então, sou batizado duas vezes”, brinca. A respeito da mãe, Daniel sempre se refere com muito carinho e gratidão, pois aos três anos de idade, teve que presenciar a separação dos pais e, nessa época, foi sua mãe que cuidou do sustento da casa: “Com a ausência do meu pai, minha mãe foi quem segurou toda a barra, criou a mim e ao meu irmão, com o apoio dos meus avós maternos”, relembra.
Ainda criança, Daniel recebeu de Deus o chamado para o ministério de louvor. Prova disso, é que aos sete anos compôs a primeira canção, quando perguntando se ainda se lembra da canção que compôs, ele diz: “Sim, eu me lembro. Mas não dá para gravá-la, pois é para as crianças, mas quem sabe na produção de um CD infantil…”, projeta. Daniel foi membro da Igreja Assembleia de Deus Ministério Emanuel, localizada no bairro carioca de Rocha Miranda, até os seus 18 anos. Aos 16, teve um momento marcante em sua vida, o ministro de louvor da igreja não pôde cantar e pediu que Daniel o substituísse, com essa oportunidade, Daniel sentiu fortemente a confirmação de seu ministério e logo depois, mesmo sendo ainda tão jovem, assumiu a liderança do ministério de louvor da igreja. Tendo permanecido por um ano no cargo, em que teve a chance de aprender mais sobre o ministério de música.
Atualmente, Daniel é membro da Igreja Assembleia de Deus Missão Vida, fundada em 1998 e presidida pelo casal de pastores, Otoni de Paula Junior e Silvana Calixto de Paula. Em sua igreja, além do ministério de louvor, Daniel coordena um trabalho missionário denominado de “Por Amor”, que atua com evangelismo urbano. O cantor explica: “Somos um grupo criado coma a intenção de colocar em prática o Evangelho de Jesus Cristo utilizando diversas formas e meios para proclamar esse Evangelho. Nesse trabalho, exploramos todas as possibilidades para que Cristo seja conhecido. Hoje fazemos trabalhos com moradores de rua e dependentes químicos assim como organizamos eventos de evangelismo estratégico, como é o caso do projeto ‘Pintando o 7’”, conta Daniel que ainda desenvolve trabalhos de evangelismo nos metrôs cariocas, com música e pregação da Palavra de Deus.
OS PROPÓSITOS DE DEUS
Graças ao incentivo de muitas pessoas, Daniel conseguiu vencer as barreiras que a vida lhe propôs e a cada etapa, Deus foi lhe trazendo palavras de encorajamento, na adolescência, por exemplo, Daniel ouviu a voz de Deus em seu quarto após um período de oração, foi um momento ímpar em sua vida, em lágrimas, ele ouviu a voz de Deus lhe dizer que, por meio dele, faria grandes coisas.
Já na juventude, após ministrar o louvor em uma igreja que visitava, Deus usou um membro dessa igreja que, profeticamente, repetiu as palavras: “Deus fará grandes coisas em sua vida”. Adulto, em uma reunião de oração, Deus usou novamente uma pessoa para profetizar que Deus faria grandes coisas por meio de sua vida, as palavras proféticas que recebeu ao longo dos anos e a maneira como Deus também se manifestava diretamente a ele, o encorajaram. Foram exatas três manifestações do propósito de Deus para a sua. Confirmações do que estava por vir em sua vida…
O PRIMEIRO FRUTO
Nos meses de fevereiro e março de 2011, Daniel viveu o momento que tanto esperava em sua vida: a gravação do seu primeiro álbum, intitulado “Frutos no Deserto”. Durante as gravações, um filme se passou em sua mente. Daniel recordou todas as dificuldades pelas quais passou. Mas ali, junto aos irmãos da sua igreja, Daniel viu o sonho do seu primeiro CD se realizar.
O álbum possui 12 faixas, todas de autoria de Daniel Ranquino, com exceção da canção “Clama Minh’alma”, feita em parceria com a dupla “Alex e Alex”. “Frutos no Deserto” foi gravado ao vivo em sua igreja, Assembleia de Deus Missão Vida, com a participação dos membros. Por meio de cada canção, diga-se de passagem, repletas de unção, Daniel relata a sua trajetória de vida, os seus sonhos e como não desistir deles.
O projeto do primeiro álbum solo teve início em 2006. Naquela época, Daniel começou reunir profissionais para o início das gravações. O pagamento era feito com muita dificuldade. Com as gravações quase prontas, faltou dinheiro para concluir. Nesse momento, Daniel repensou seu trabalho. Contudo, foi em mais um momento difícil que Deus o inspirou. Foi nesse tempo que surgiram novas composições que substituíram as anteriores para o CD.
Após um tempo, os recursos para finalizar a gravação foram chegando, por meio da ajuda de familiares e dos irmãos da igreja. Nesse álbum, Deus concedeu a oportunidade de Daniel gravar com grandes músicos, entre eles, Rogério Dy Castro, Rafael Costa, Leonardo Reis, Valmir Aroeira, Fael Magalhães, Jane Magalhães e Cleide Jane: “Foi um presente de Deus gravar com esses profissionais, pois não teria a mínima condição financeira para contratá-las”, ressalta.
Vale destacar a canção que intitula o álbum, “Frutos no Deserto”, ela revela algumas curiosidades que o próprio autor compartilha: “Por incrível que pareça ela foi uma das últimas a entrar no repertório. Quando a compus, a intenção era que outro cantor pudesse gravá-la. Mas é interessante como Deus faz as coisas. Essa canção fala da minha vida e de tudo o que eu passei para chegar até aqui. Percebi então, que não era para outra pessoa gravar, mas para eu gravá-la. Não teria outro título mais adequado para esse CD. Só Deus faz essas coisas”, resume.
O PRIMEIRO VÍDEO CLIPE
No dia 9 de outubro, Daniel lançou o clipe oficial da canção “Conte as Estrelas”, uma das mais ouvidas do CD pelo público. O clipe teve a direção de Anderson Nascimento, com imagens abertas e captadas no centro do Rio de Janeiro, além de cenas filmadas em Niterói e na Baía de Guanabara. O vídeo contou com a participação de Rafael Costa (guitarra), Rodrigo Ventura (baixo), Gud (bateria), Rômolo Vianna (teclado) e Filippe Trindade (violão).



A gravação do clipe é mais uma etapa vencida na vida de Daniel. Quem diria! Há alguns anos ele se via sem perspectiva e cercado por “nãos”, mas aí está a prova do quanto vale a persistência em Deus: “Vi a provisão de Deus em cada detalhe dessa produção, assim como aconteceu na gravação do CD”, conta.
O refrão diz: Conte as estrelas se puder / Abrace o mar para entender / O que Deus preparou para você, / Mortal nenhum jamais sonhou [...]” Versos que declaram a grandeza de Deus e a sua soberania sobre todas as coisas, assim como está escrito na Primeira Carta de Paulo aos Coríntios, 2.9, que diz: “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” É assim que Deus tem feito na vida de Daniel, sonhos que vão além do que ele poderia imaginar.
Sobre os próximos projetos? Depois de tudo o que passou, ele aprendeu a ter paciência e a confiar completamente em Deus. E por isso continua sonhando: “Como cantor independente, as coisas são bem mais difíceis, mas aprendi que a nossa vida não é guiada pelo que vemos e sim pelo que cremos. O pouco se torna muito nas mãos de Deus! Dependência de Deus são meus projetos no momento! Ele é meu design, meu assessor, meu empresário, meu produtor, minha gravadora, enfim, até que Deus levante um ‘Rei’ para guiar Israel, Ele mesmo se encarregará de me conduzir até o alvo que determinou para minha vida.” Sábias palavras de alguém que depende totalmente de Deus.
Cabe fechar este texto com as palavras de Daniel Ranquino, elas falam por si só: “Aos amigos que leem essas palavras, tenho algo a lhes dizer. A vocês que sonham e acreditam que o milagre um dia baterá à porta; a vocês que não só professam o Deus do impossível, mas que também vivem seus milagres; que têm a certeza inconfundível do chamado divino; que são desfrutadores da graça abundante e que vivem a cada dia a misericórdia do Altíssimo; a vocês que esperam a promessa, e que ainda que o tempo insista em lhes desanimar, permanecem firmes Naquele que prometeu. Somente a fé pode enxergar o que os olhos não conseguem ver. Creia, pois Deus sempre faz o impossível por você! Vai acontecer!
Conheça mais sobre o trabalho de Daniel Ranquino: